Quinta-feira, 1 de Outubro de 2009

Confusão à portuguesa pois então

       Hoje acordei um pouco mais tarde e segui em direcção ao Tate Britain na zona de Chelsea, que me pareceu bastante agradável. Casas branquinhas, arranjadinhas, pessoas a correr ou a passear os cães, conclusão parece-me que os ingleses são mais organizados que nós.

      Tal como o Tate Modern, a entrada aqui também era grátis, com a excepção das exposições temporárias que não vi devido a problemas de orçamento, se é que me entendem, adorei a secção de arte moderna e a pré – rafaelista (a Sara tinha mesmo razão), por exemplo “Ophelia” inspirado num episódio de uma das obras de Shakespeare é simplesmente genial, a vivacidade das cores, torna-o extremamente atraente. Apenas fiquei triste porque um dos quadros que eu queria ver tinha sido emprestado para um museu em Montreal.

       Almocei no jardim do Museu e segui para a National Portrait Gallery, primeiro decidi ir ver os retratos porque tinha à porta um cartaz da exposição de fotografia com as famosas fotos da Tour do Bob Dylan pelo Reino Unido e a exposição de fotos da Twiggy. Antes passei pela loja, onde encontrei um colar muito fixe estilo Victoriano não resisti e lá se foram 3 libras, mas para além disso tinha uma máquina fotográfica pequenina que me deixou fixada mas o orçamento não permitia. Adorei este museu, acho que foi mesmo o que gostei mais, só tenho pena de não ter mais fotografias, infelizmente não vi a exposião “Gay Icons” mas também estava um bocado fora do meu orçamento. No final dei com a livraria do museu e lá estavam um livro que eu decididamente um dia vou comprar “Manual de Fotografia de Moda” 12 libras (não me ou esquecer lol) e segui para a Trafalgar Square em direcção à gigantesca National Gallery, estavam pelo menos 500 pessoas naquela praça, o museu era enorme e estava cheio de pessoas, as minhas costas estavam a morrer e eram quase 18h (hora a que os museus fecham), vi metade do museu, mas sem muito atenção estava extremamente cansada e fiquei sem bateria no telemóvel só pensava como vou encontrar a Sara sem ter telemóvel. Com2 libras e 55 pences no bolso comecei a tentar telefonar para a Sara mas nada o papel do Tate onde eu tinha escrito o número estava cada vez mais amaçado e ela já deveria ter saído do trabalho à pelo menos meia hora e eu só pensava a moça vai-me matar (eu tinha as chaves de casa dela), eis que se me faz luz nas ideias e olho para a cabine telefónica e no meio daquela publicidade toda vejo que a cabine também aceita euros, procuro no meio da carteira e lá estava um euro (equivalente a 60 pences) ligo para a minha mãe (grande sorte porque ela não atende números que não conhece) e consegui dizer o número todo da Sara, meto uma libra e ligo mais uma vez à minha mãe a explicar que fiquei sem dinheiro e que ela tinha de telefonar à Sara e dizer-lhe para vir ter comigo a Trafagal Square em frente ao café Nero, fico mais uma vez sem dinheiro e espero cerca de 15 minutos antes de voltar ligar sentada em frente à embaixada do Ugana, que entretanto o segurança me espanta educadamente, ligo mais uma vez à minha mãe e ela diz que já falou com a Sara e que ela vai ter comigo lá se foi a minha última libra. Bem neste momento tenho 55 pences no bolso e um euro e noventa e três no cartão e penso estou FOD*** espero mais quase quarenta e cinco minutos e penso são quase 20 h e a Sara não aparece será que ela anda perdida aqui na Trafalgar Square porque entretanto tinha reparado que havia vários cafés Nero à volta da praça, ligo de novo para a minha mãe com os 50 pences e pergunto à minha mãe se lhe tinha explicado bem que metro tinha de apanhar e assim, ela diz que sim e a chamada cai e eu penso bem estou TRAMADA! Passados nem 5 minutos a Sara aparece bem acho que nunca tinha respirado de alivio assim. LOL E lá fomos nós tentar jantar um daqueles cachorros que vendem ao pé do Big Ben e cujo cheiro estava entranhado no nariz desde do momento em que passámos lá, chegamos lá nem sombra da barraca dos cachorros, atravessamos a ponte para o lado da London Eye e também não está lá a outra barraca, isto está bonito, está está, entramos no Mac já estava fechado, continuando em direcção à ponte seguinte, só víamos restaurantes fechados, chegamos ao Southbank Hall mas ali os restaurantes eram muito caros, atravessamos a ponte para Embankment e lá estava uma rua cheia de restaurantes agora o problema era escolher. LOL Ficámo-nos pelo Subway onde simpaticamente a Sara pagou o meu jantar (Sara filha estou em divida contigo para a vida, já por várias vezes). Bem, estava com uma fomeca comi tudo num instante, e já eram 22h e estava na hora de voltar para casa, chegamos ao metro e damo-nos com um aviso escrito à mão a dizer que a linha negra (a que nós temos de apanhar para ir para casa da Sara) estava com problemas e estava fechada em 2 sítios (um mal nunca vem só) fomos para Oxford Circus e estivemos um bocado á espera do bus, quando finalmente vem a Sara passa o passe e não tinha dinheiro, é o que eu digo aquele era o dia dos azares e pronto teve de pagar 2 libras epá é mesmo seca. Cerca de 40 minutos de viagem pelo centro de Londres foi quase um daqueles bus de turistas e chegamos a Archway, esperando que ainda desse para ir ao Supermercado comprar o bolo de anos da Sara, eu só pensava espero que com 1,93 euros ainda desse para comprar alguma bebida e deu. =D Chegando a casa os pés estão num estado lastimável as minhas sabrinas descolaram entretanto (o que havia acontecido com as verdes ainda nem à um mês mas não me consegui desfazer destas, ainda…), foi arrumar a mala e esperar pela meia-noite para dizer os parabéns e caminha.


publicado por Graziela às 19:45
link do post | comentar | adiciona aos favoritos
|

quem sou

http://vidadedesempregada.blogs.sapo.pt/
https://www.facebook.com/grazielacostaphotography
Tostao.pt

COPYRIGHT

Todas as fotografias assinadas presentes neste blog são da autoria de Graziela Costa e estão protegidas pela lei, ao abrigo do Código dos Direitos de Autor e dos Direitos Conexos. Agradeço desde já que não copiem textos nem imagens sem autorização.

Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisa

 

ligações úteis

tags

só desta vez(2)

super bock em stock 2009(2)

vincent gallo(2)

'a single man' por tom ford(1)

'die maiers: episódio i' - chapitô - lis(1)

'los abrazos rotos' de pedro almodóvar(1)

'oil ain't all jr' teatro praga centro c(1)

'the wolf man'(1)

"o artista português" - manuel joão viei(1)

‘as maltratadas’ ganha prémio em hollywo(1)

‘white feeling’ e ’organic beat’ paulo r(1)

13 essenciais(1)

14 de maio(1)

16.º super bock super rock(1)

16.º super bock super rock - dia 17 de j(1)

16.º super bock super rock - dia 18 de j(1)

1º aniversário feedbackmusica.com(1)

2 dias em paris(1)

34.ª moda lisboa(1)

a flor do cacto - filipe la féria - teat(1)

todas as tags