Sábado, 1 de Novembro de 2008

A teoria do email

  Bem normalmente não costumo usar o meu blog para as minhas teorias maníaco depressivas mas hoje estava a precisar. Pois cá vai, nós mulheres, somos uns seres estranhos, pois complicamos, complicamos, complicamos e quando tentamos descomplicar ainda complicamos mais, a certa altura o nosso cérebro está a dar um nó tão grande, que só queremos é chamar pela mãezinha. Sim e quando tentamos ser modernas?  Ui ui isso então... Andamos quase um mês a pensar no que dizer, no que escrever ou no que fazer, acabamos é por nos esquecer de como vamos exteriorizar isso. Ora eu como boa estudante de NTC, penso nas  tecnologias para tudo, nem que seja para coisas que não tem nada a ver com o assunto,  aliás todos nós usamos coisas simples como o email, a sms ou o MSN, para nos escondermos atrás do que verdadeiramente queremos dizer , mas não temos coragem de dizer cara a cara. O que é certo é que todos esses meios de comunicação têm prós e contras, os quais passo a enumerar, primeiro contra do MSN é: qualquer coisa que escrevamos é bem provável que seja logo vista e respondida, o que nos deixa com aquela vontade de desligar o MSN com medo da reacção da pessoa com que estamos a falar; segundo, as SMS é provável que sejam vistas na hora, mas  esse não é o problema, o problema é na altura em que recebemos a sms, e quase morremos de ataque do coração antes de vermos a resposta e que tal o mail? Bem, na altura pareceu-me uma boa opcção, pois seria pouco provável de ser visto na hora, o que me dava tempo para ir para a universidade descansadinha, deixando já os telemóveis em casa para não ter surpresas desagradáveis, depois seguinte problema o que escrever, porque depois de decidir o meio de comunicação a usar, há que saber verbalizar-se o que vai na cabeça de uma mulher neurótica. Lá se escreve, depois pergunta-se á melhor amiga, á segunda melhor amiga, mas depois uma diz que manda a outra diz que não manda, mais confusão na nossa cabeça, quando decidimos mandar, bem ufa parece que se foi... Ui ui a odisseia ainda só está a começar, passamos a tarde toda a pensar no que fomos fazer, quais as consequências, a resposta será boa ou não, estaremos preparadas para saber, tanto pró e contra, que se os senhores do programa estivessem no cérebro de uma mulher pensariam duas vezes antes de comentar politica... E horas e horas sem receber, resposta  olhamos para o telemóvel e nada vemos o meu mail e nada, bem pensamos, já nos lixámos, ó stress maldito, vamos a uma festa, vemos uma série de bebidas e pensamos bem, seja o que Deus quiser e eis que se bebem uns vodkas e se cantam umas quantas vezes músicas do James Blunt e a certa altura pensa-se que figura linda que eu estou a fazer não sei se chore se ria, mas que se lixe, assim como assim já foi enviado e quando vamos dormir ,continuamos com a mesma incógnita e adormecer custa que eu sei lá e quando finalmente adormecemos ainda temos pesadelos, isto está bonito, está está. Bem, acorda-se com um humor de tanga, sem vontade fazer nada olha-se para o teles e nada e bem liga-se o mail, nada. Quando já perdemos a esperança eis que vemos o msn ligar-se e pensamos pronto, é desta já fui, primeira reacção, bem, vamos fingir-nos de offline até ser seguro aparecer, e vamos chatear a moina a mais três amigas confidentes e bla bla bla, sim nós mulheres, temos o dom da insegurança e de fazer filmes até dizer chega, e quando finalmente o mail chega, não temos coragem para abrir e mandamos as melhores amigas ler, para nos prepararem o caminho, quando finalmente conseguimos ler, eis que se levanta outra questão, conseguir compreender, confesso que já li o mail quatro vezes e ainda não compreendi a resposta á minha pergunta, que aparentemente para mim era simples mas , afinal parece que não era e pronto lá voltamos a pedir ás melhores amigas para opinarem sobre a situação, uma diz uma coisa, a outra diz,outra e a certa altura já nem nós sabemos em que pé estamos, conclusão não se consegue responder e fica-se com mais dúvidas ainda e para rematar pensa-se parece que afinal tudo isto foi em vão... Peço imensa desculpa por usar o meu blog para estas teorias de gaja mas pode ser que sirva de exemplo a alguém...

sinto-me: ainda + confusa
música: José González - Killing For Love

publicado por Graziela Costa às 21:53
link do post | comentar | adiciona aos favoritos
|
3 comentários:
De Sónia Dias a 5 de Novembro de 2008 às 09:57
Vim aqui à procura dum post sobre dEUS e acabei lendo este. Descreveste mto bem as nossas inseguranças. Interrogamo-nos: Q raio de pergunta seria aquela? lol

As fotos de dEUS estão mto boas, parabéns!
Sónia


De Graziela Costa a 5 de Novembro de 2008 às 13:42
Olá Sónia. Bem essa pergunta, é a pergunta que nós fazemos a uma pessoa que gostamos quando estamos longe, no meu caso noutro país. Ainda bem que gostaste das fotos e sim este post foi um "desabafo" porque uso este blog para mostrar os meus trabalhos são os devaneios da minha mente. ***


De Paula a 5 de Novembro de 2008 às 23:10
Olá (outra vez)

Realmente estas tecnologias trazem desvantagens :P Mas se não fossem elas não estava aqui a ver os teus trabalhos :P


Comentar post

quem sou


vê o meu perfil

seguir perfil

. 216 seguidores

Sigam-me em www.mycherrylipsblog.com
https://www.facebook.com/grazielacostaphotography
Tostao.pt

COPYRIGHT

Todas as fotografias assinadas presentes neste blog são da autoria de Graziela Costa e estão protegidas pela lei, ao abrigo do Código dos Direitos de Autor e dos Direitos Conexos. Agradeço desde já que não copiem textos nem imagens sem autorização.

Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisa

 

ligações úteis

tags

só desta vez

super bock em stock 2009

vincent gallo

'a single man' por tom ford

'die maiers: episódio i' - chapitô - lis

'los abrazos rotos' de pedro almodóvar

'oil ain't all jr' teatro praga centro c

'the wolf man'

"o artista português" - manuel joão viei

‘as maltratadas’ ganha prémio em hollywo

‘white feeling’ e ’organic beat’ paulo r

13 essenciais

14 de maio

16.º super bock super rock

16.º super bock super rock - dia 17 de j

16.º super bock super rock - dia 18 de j

1º aniversário feedbackmusica.com

2 dias em paris

34.ª moda lisboa

a flor do cacto - filipe la féria - teat

todas as tags